capa

Mercúrio Retrógrado: o que de fato muda na nossa vida?

Astróloga destaca que o período pode resultar em falha de comunicação e imprevistos

publicidade

Começou aquela fase em que tudo de estranho ou coisas que não se concretizam são "culpa" do Mercúrio Retrógrado. Brincadeiras à parte, você sabe o que realmente significa quando o planeta está nessa posição? Já que acabamos de entrar em mais um desses períodos - o fenômeno acontece três vezes ao ano e, neste, vai até 20 de novembro - o Bella Mais foi descobrir o que de fato muda na nossa vida e quais as dicas para passar por esse período da melhor forma.

A astróloga Franciele Nunes explica que quando um planeta está retrógrado é como se estivesse “caminhando para trás”. “Mercúrio é um planeta que fala muito sobre a forma com que nos comunicamos, seja em nossas relações de trabalho, amorosas ou pessoais com a família e amigos. E, como tudo o que fazemos é baseado na comunicação, acabamos sentindo esse desconforto também", esclarece.

Em outras palavras, Mercúrio é o planeta da aprendizagem e explica a maneira como nos comunicamos, seja de forma mais objetiva, retraída, introvertida ou analítica. "Ele vai ditar muito essas características em nosso mapa astral", diz a astróloga.

Pense que, se usamos a comunicação para tudo, ela influencia em muitas coisas na nossa vida. Dessa forma, esse período de desconforto do planeta pode provocar falhas de comunicação e outros imprevistos.

Isso quer dizer que você vai precisar, por exemplo, se relacionar no trabalho de forma efetiva, a fim de ser interpretada corretamente, checar o e-mail para saber se ele foi mesmo enviado e conferir bem as tarefas diárias. Nas relações amorosas, a dica é cuidar para não falar algo sem pensar ou ser mal compreendida.

Pense duas vezes

"O melhor recado de um planeta retrógrado é pensar duas vezes. A gente está sempre na correria diária e não se dá um momento de parar. Toda a retrogradação em um planeta vem para nos fazer dar aquela pausa. Então para passar por esse período de uma forma tranquila precisamos nos acalmar e repensar mais as nossas decisões, quais são os rumos da nossa vida, a forma como estamos nos comunicando com o mundo. É um momento de repensar mais e não de agir mais", orienta Franciele. Lembrando que a influência do período muda de signo para signo, já que cada mapa astral é único.

E o que não fazer no período? O indicado, segundo a astróloga, é não tomar nenhuma decisão muito importante. Pense duas vezes antes de assinar um contrato, por exemplo. Ou, se for assinar, leia várias vezes antes. O mesmo vale para situações cotidianas, como fazer uma tatuagem ou cortar o cabelo: explique bem o que você tem em mente para não receber um trabalho diferente do que imaginou. Vai viajar de avião? Saia mais cedo de casa e evite imprevistos.

Franciele destaca que a maioria das pessoas faz um “terrorismo” a respeito do Mercúrio retrógrado e, como vimos, não é bem assim. “Não se trata de uma coisa ruim, ele é muito bom e muito importante para o ser humano e para os planetas. A poucos dias de terminar o ano, é legal para repensar tudo, toda nossa vida, para ver se estamos seguindo o caminho certo”, finaliza.

Cuidados para tomar neste período

A astróloga sugere alguns cuidados para ter neste período de Mercúrio retrógrado:

- tenha calma na hora de explicar coisas importantes, a fim de que a pessoa tenha uma interpretação correta;
- cuidado com imprevistos tecnológicos, como quebrar o celular, e-mails não enviados, Internet caindo, sistemas falhando, etc;
- fique de olho em atrasos e cancelamentos de compromissos;
- se for viajar, sempre cheque passagens e horários e saia mais cedo para não evitar imprevistos;
- revise 3, 4, 5 vezes antes de assinar um contrato.


compartilhe