capa

Alongamento deve ser feito depois da atividade física de resistência

Alongamentos feitos antes dos exercícios podem gerar efeitos de esticamento no músculo, diminuindo sua potência e força


publicidade

Muitas pessoas ainda se perguntam se o alongamento é benéfico e quando que ele deve ser realizado, antes ou depois do exercício. Mateus Martinez, Diretor de Fisioterapia da Pés Sem Dor tem uma resposta para essa pergunta: alongue depois.

O alongamento não previne lesões, e pode gerar um efeito negativo quando realizado antes de atividades físicas que demandam força e potência. E, quando realizado previamente em um curto período de tempo (minutos ou até horas antes do exercício), pode prejudicar o desempenho, gerando um alongamento das fibras musculares, fazendo com que os músculos fiquem esticados. Isso resulta em perda de força e potência, como se fosse um relaxamento muscular.

Existem algumas boas maneiras para se fazer o alongamento, devendo ocorrer preferencialmente depois da atividade física, todos os dias, permanecendo em posição por pelo menos um minuto. É importante também focar em grupos musculares grandes e relacionados com a atividade física que será realizada.

Se for fazer corrida, focar nas coxas e pernas, etc. Evitar a dor articular durante o alongamento também é importante, pois isso indica que ele está sendo realizado de maneira correta.

"Você pode usar e abusar do alongamento, contanto que ele seja feito preferencialmente depois da atividade física ou em algum outro momento do dia. Isso vai trazer um efeito relaxante no músculo e ainda ajuda a diminuir a dor muscular tardia relacionada ao exercício. Para antes do exercício, é orientado que se faça apenas o que chamamos de aquecimento, que nada mais é do que uma atividade dinâmica, de movimento, em uma intensidade mais leve que a do exercício que será praticado", explica Martinez.


compartilhe