capa

Columpio: ferramenta complementa as sessões de pilates

Equipamento pode ser usado por alunos de graus variados de condicionamento

publicidade

O Pilates é uma atividade física com quase 100 anos de história, desenvolvida pelo alemão Joseph Pilates e amplamente reconhecida e utilizada em vários países, inclusive o Brasil. Trata-se de um método versátil, que une força, equilíbrio, respiração e alongamento, e que traz inúmeros benefícios para a saúde. Para quem já é adepto da prática - e também para quem ainda não começou – existe agora uma atração extra: o Columpio. 

Do verbo “columpiar”, que em espanhol significa balançar, o aparelho originário do Yoga foi usado inicialmente por monges budistas para auxiliar nas posições de inversão.  Agora, modernizado e integrado às aulas de pilates, ele complementa as sessões com exercícios suspensos e que mexem com o corpo todo.

A ferramenta possibilita uma prática lúdica, mas ao mesmo tempo intensa. Segundo a fisioterapeuta Gabriela Zasso, que oferece esta novidade em seu estúdio em Porto Alegre, o Columpio proporciona uma superação constante do aluno a cada aula, podendo ser usado por alunos de graus variados de condicionamento. “O Columpio pode ser usado tanto por idosos, gestantes, atletas e mesmo pessoas com patologias”, garante ela.

O equipamento utilizado por Gabriela é confeccionado com tecido de paraquedas de alta resistência e costura reforçadas, suportando até 160 kg. Os mosquetões, a barra e as cordas suportam uma carga muito elevada garantindo a execução dos exercícios com segurança.

O treinamento consiste na realização de movimentos com o corpo suspenso, seja em partes ou por completo, onde o peso corporal é utilizado como principal ferramenta. A atividade fortalece a musculatura e exige coordenação motora e equilíbrio. Seu uso proporciona melhor controle entre mente e corpo, oferecendo estímulos diferentes aos que normalmente estamos acostumados a realizar.

Outra vantagem é sua versatilidade. Com ele é possível realizar mais de 200 exercícios diferentes, tudo dependendo do condicionamento, limitações e objetivos de cada um. Veterana no pilatres, a administradora de empresas Andrea Ely Wolwacz, 49 anos, já virou fã: “Me surpreendi com o Columpio, pois ele é desafiador e diversificado. Além disso, atinge uma musculatura mais profunda e permite um alongamento mais completo”.


compartilhe