capa

Bruxismo pode provocar desgaste dos dentes

Se não tratado, distúrbio pode acarretar dores de cabeça e até fratura da raiz do dente

publicidade

Você costuma acordar de manhã com dores no maxilar, ou dor de cabeça? Já disseram que faz barulho com os dentes ao dormir? Ou mesmo tem reparado em um desgaste dentário? Se a resposta foi 'sim' a pelo menos uma das perguntas anteriores, atenção: é bem provável que você esteja com bruxismo, aquele ato de apertar ou ranger os dentes. Veja como tratar do problema não só para o fim das dores, mas também evitar consequências piores. 

A cirurgiã dentista especialista e doutora em Implantodontia Gabriela Consalter esclarece que o bruxismo pode ser atribuído tanto ao ato de apertar os dentes, mesmo durante o dia, chamado de bruxismo cêntrico; como o de rangê-los, chamado de excêntrico. "Clinicamente, quando conseguimos ver aqueles dentes mais desgastados, normalmente é pelo bruxismo", conta.

"O bruxismo de apertamento é bastante comum, tanto que, muitas vezes, o paciente não se dá conta, mas está no dia a dia com os dentes encostados. Ou então aperta os dentes dormindo à noite. Um dos sintomas que ocorre frequentemente e pode ser observado pela manhã é a borda da língua cheia de marcas de dentes, pois ela se esparrama e fica toda comprimida", orienta a dentista. 

A profissional indica que hoje existe até mesmo aplicativos específicos para lembrar de não apertar os dentes durante o dia, uma boa maneira de evitar o problema.

Desgaste dos dentes é só um dos sintomas

As consequências de todo esse apertamento e ranger dos dentes? Para começar, o bruxismo não tratado pode acarretar no desgaste mais severo, fratura da coroa ou da raiz do dente. "O dente começa a se desgastar em suas três camadas - esmalte, dentina e a polpa. Às vezes, temos que tratar canal em um dente saudável. Além disso, pode acontecer uma fratura a ponto de termos que extrair", alerta Gabriela. 

E os problemas não param aí. "Se há um desgaste dentário muito profundo, em que a mordida não fica funcional, a musculatura da mandíbula fica esticada, causando prejuízos e desconforto. Tudo isso ainda pode causar tensões na cervical, no pescoço, pois vai afetando toda a musculatura com se fosse um efeito dominó", elenca. 

Ainda é comum o bruxismo gerar sintomas como dores de cabeça, principalmente na parte lateral, pois o paciente fica segurando a mordida; ou mesmo dificuldades de movimentos comuns, como mastigar ou bocejar.

Tratamento costuma ser multidisciplinar

Conforme a cirurgiã dentista, o tratamento do bruxismo costuma ser multidisciplinar. "Há o tratamento convencional, com o uso de placas dentárias. Mas comumente temos que associar esse trabalho a o de um fisioterapeuta", informa. 

Outra prática que, segundo Gabriela, vem ajudando os pacientes na questão da dor e do desconforto proporcionados pelo bruxismo é a aplicação de botox em pontos específicos. "Aplicamos no masseter e no temporal (músculos da mandíbula) e isso diminui a força muscular, deixando a área mais relaxada", explica. 

O botox é indicado, principalmente, para quem não pode usar as placas por algum motivo, e não serve de tratamento, apenas para alívio dos sintomas e terapêutica complementar.

Já para os casos de desgaste dentário excessivo, a dentista informa que é necessário restabelecer a altura do terço inferior da face, devolvendo o conforto ao paciente. Dessa forma, é feita toda a reconstrução dentária, chamada de reabilitação oral.

Reconheceu o problema? Procure seu dentista

O bruxismo pode surgir em qualquer momento da vida, mas nos casos ocasionados na infância, Gabriela informa que, como as crianças estão na fase de troca da dentição, geralmente não é necessário tratá-lo. "A não ser quando há sintomas de dor ou do desgaste no dente estar muito acentuado", diz.

Percebeu um dos sintomas listados nesta matéria? A orientação é procurar um dentista de confiança, que irá indicar o tratamento adequado.

por Gabriela Loeblein

Gabriela Loeblein adora moda, é apaixonada pela diva Madonna e é mãe de três peludos. É jornalista e está sempre atrás de novidades em tendências e make. @gabiloeblein


compartilhe