capa

Especialistas recomendam reduzir o uso de lentes de contato durante a pandemia

Quando em contato com a mucosa dos olhos, mãos podem transmitir o Coronavírus

publicidade

Uma das principais forma de contaminação pelo novo Coronavírus são as mãos. Quando contaminadas, elas se tornam meio para que o vírus entre em nosso sistema imunológico especialmente pela boca, nariz e olhos. Por isso, a recomendação constante das autoridades para a lavagem e higienização das mãos.

Os olhos, em especial nessa época de aumento das alergias, necessitam de cuidados especiais e já se sabe que a COVID-19 pode ser transmitida também após o contato das mãos com a conjuntiva, que é a mucosa que reveste os olhos. Nesse cenário, surgem dúvidas em relação ao uso de lentes de contato: posso continuar usando as lentes de contato? Como devemos higienizá-la?

A médica oftalmologista Caroline Fabris, coordenadora do departamento de oftalmologia do Hospital Moinhos de Vento, informa que a Sociedade Brasileira de Lentes de Contato (SOBLEC) e a Academia Americana de Oftalmologia (AAO) recomendam evitar ao máximo o uso de lentes de contato, priorizando o uso de óculos neste período de pandemia. “O motivo é que as lentes precisam ser manipuladas e o contágio da Covid-19 ocorre justamente no contato entre as mãos e os olhos no momento de colocar ou tirar as lentes de contato”, explica a médica. As extremidades e aplicadores de embalagens também merecem cuidados, uma vez que muitas vezes acabam encostando na área dos olhos.

Se não for possível ficar sem as lentes, substitua aqueles de troca mensal ou anual por lentes de uso descartável diário.  A maquiagem está liberada, desde que de forma moderada, justamente para evitar possíveis irritações. Também está vetado o compatilhamento de maquiagens. “Evite grandes quantidades de maquiagem nos olhos e limpe diariamente a área, com a remoção total do produto através de soluções demaquilantes”, acrescenta.

Como higienizar as lentes de contato?

Caroline Fabris orienta que a higienização das lentes de contato seja feita com produtos específicos. “Jamais use álcool para limpá-las. O álcool causa desepitelização da córnea e queimadura química”, acrescenta. Anote mais algumas recomendações da médica e redobre os cuidados:

  • Lave as mãos com água e sabão e as seque com uma toalha limpa ou descartável antes de manipular as lentes de contato;
  • Retire as lentes antes de nadar ou tomar banho de chuveiro ou banheira;
  • Não enxague as lentes em água corrente, soro fisiológico ou gotas
  • umidificante - essas substâncias não são desinfectantes. Não as coloque na boca para limpar;
  • Use o método “esfregar e enxaguar” orientado por oftalmologistas
  • e use sempre uma solução nova para preservar as lentes no estojo;
  • Enxague o estojo das lentes com solução de limpeza nova e não com água. Seque-o com o lenço descartável limpo e deixe-o em ambiente limpo
  • e seco ao ar livre;
  • Troque os estojos mensalmente;
  • Não use lentes com rasgos ou imperfeições.

 

por Fabiane Madeira

@fabianemadeira é apaixonada por comida, mas vira e mexe briga com a balança. Adora cinema, mas não é cinéfila. É empresária, dinda e tia babona. É editora do Bella Mais e gremista desde sempre.


compartilhe