capa

Pilates: conheça os benefícios da prática no dia a dia

Mais do que um exercício físico, o pilates é considerado uma prática que auxilia na saúde mental

publicidade

Prática que vem aumentando a cada dia seus adeptos, o pilates está se tornando cada vez mais popular entre diversos públicos, como idosos, atletas, dançarinos ou pessoas em reabilitação. Segundo levantamento da fabricante de equipamentos Metalife, realizado em 2019, estima-se que existam pelo menos 40 mil estúdios de pilates no Brasil.

Considerado como um exercício não só físico, mas mental, o pilates trabalha, ao mesmo tempo, o fortalecimento muscular e a flexibilidade, trazendo diversos benefícios à saúde do praticante. Para Júlio César Nunes, Coordenador Técnico da AYO Fitness Club, a atividade serve como exercício físico, mas também como terapia e fisioterapia.

“O pilates traz maior flexibilidade ao corpo, fazendo com que exercícios do dia a dia fiquem mais práticos, como amarrar os sapatos ou vestir uma calça. Os alunos conseguem ver, com pouco tempo, melhoras de dor nas costas, aumento de força e até redução de estresse diário, por focar na concentração e respiração na hora dos movimentos”, explica Júlio César.

Ideal para diferentes públicos

Os exercícios feitos durante uma aula de pilates auxiliam especificamente as necessidades de diversos públicos diferentes. Para os idosos, por exemplo, melhora o equilíbrio e previne quedas. Para as gestantes, a prática fortalece os músculos do core e do assoalho pélvico, responsáveis pela sustentação da coluna e da barriga durante a gestação. E, aos que gostam de correr, o pilates estimula movimentos globais do corpo, tornando a caminhada algo mais simples e melhor executada.

Dependendo do público, porém, os exercícios podem sofrer variações, como por exemplo para crianças ou pessoas em reabilitações de lesões. “Nos casos das lesões na coluna, os médicos estão indicando o pilates, pois fortalece o core e melhora consideravelmente a postura do aluno, fazendo com que as curvas da coluna sejam respeitadas”, afirma Júlio César.

Mat Pilates é outra opção

Outra adequação do pilates é o Mat Pilates. O diferencial da modalidade é a não utilização de equipamentos (no máximo acessórios). Os exercícios são realizados em mat’s (tapetes no chão), e os praticantes se utilizam apenas o peso do corpo. No Mat Pilates - ou Pilates Solo - os músculos são trabalhados duplamente, pois são alongados e tonificados nos mesmos exercícios, trazendo benefícios como melhora do sono e alívio de dores.

E vale lembrar, é claro, que como toda atividade física, é imprescindível o acompanhamento de um profissional capacitado durante as sessões e exercícios. No Brasil, fisioterapeutas, educadores físicos e bailarinos estão autorizados a dar aulas. Já para a prática com objetivo de reabilitação de lesão, o ideal é que seja feito apenas por um fisioterapeuta.


compartilhe