capa
Dani Herok

Como fazer a transição para os cabelos brancos?

Dani Herok dá dicas e lembra que não se trata de uma mudança fácil para os fios

publicidade

Na coluna de hoje, falo sobre uma questão bem específica, que pode atingir qualquer mulher dependendo da fase capilar do seu cabelo: como fazer a transição para deixar meus cabelos brancos.

Essa é uma questão bem pertinente, que atinge 1/3 das mulheres a partir dos 40 anos. Muitas ainda têm medo de deixar o cabelo totalmente branco, já outras decidiram largar mão da química e deixar que os fios brancos apareçam, livres.

Essa transição não é uma coisa fácil, nem mesmo na maioria dos casos. Pode ser feita no mesmo dia, normalmente com processos químicos que devem ser feitos; ou deixando a raiz natural ir crescendo.

O cabelo branco é um cabelo que não tem mais cor e surge quando o organismo deixa de produzir células de pigmento, também conhecidas como melanina. Por isso, não é que o cabelo branco tenha a cor cinza, é que ele simplesmente não tem cor alguma. Por isso, as colorações, que contêm pigmentos, fixam rápido e saem rápido, já que o fio branco também tem poucos nutrientes para "segurar" a cor. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Vera Holtz (@veraholtz) em

Muitas pessoas vão se perguntar: se não tem cor, por que o cabelo branco amarela? Ele, às vezes, tem a cor amarelada, pois a keratina do fio tem uma tonalidade parecida e, como não há cor, a tonalidade da keratina acaba se sobressaindo. Logo, para que os fios tenham a tonalidade mais acinzentada, indicamos um shampoo com pigmentação roxa para desamarelar esse tom da keratina. Já a frequência do produto vai depender de cada cabelo.

Sempre indico que devemos procurar um cabeleireiro experiente nesse assunto e que goste de lidar com cabelos brancos, respeitando a decisão tomada, pois nestes anos de salão e cursos, já me deparei com profissionais da área que não indicavam deixar os brancos e criticavam as suas clientes que optavam pelos fios naturais porque não lucrariam mais com a química quinzenal dos fios. 

Uma coisa é o cabeleireiro indicar cores e tonalidades certas e cortes diferenciados que fazem parte do seu estilo, outra é a crítica infeliz com a decisão tomada pela cliente. Já tive o desprazer de me deparar com esses acontecimentos. Então mina dica é: decida se você quer deixar seus brancos livres de tintura, procure um cabeleireiro que saiba te escutar e cuidar dos seus fios e sempre mantenha o corte em dia!

por Dani Herok

Dani Herok é hair stylist e maquiadora, sempre de olho nas novidades do mundo da beleza. No Bella Mais, toda quinzena, ela traz uma tendência nova ou inspirações para você se sentir ainda mais linda. @daniherok.hairemake


compartilhe