capa
Fabiana M. Machado

Aceita o desafio de olhar para o dinheiro?

Fabiana M. Machado faz um convite para você melhorar sua relação com o dinheiro


publicidade

Vida em preto e branco. Vida verdadeira. Vida sem lentes. Vida sem maquiagem. Vida como deve ser vivida. Vida, vida… e como fica a vida com o dinheiro?

Lidar com o dinheiro sempre foi um desafio. É comum pensar que, se formos bons com o dinheiro, saberemos fazer render, usar corretamente e, o melhor, usufruir. Buscamos uma tal de inteligência, segurança e liberdade financeira como se tudo estivesse fora de nós e, o mais preocupante, transferimos isso para o dinheiro.

Só que, muitos de nós, crescemos sem falar de dinheiro, pois era assunto de adulto ou um desrespeito (principalmente na hora das refeições). Agora, queremos quebrar esse tabu, mas falar de dinheiro se tornou muito chato. Afinal, dinheiro só tem sentido se for para comprar algo. Então, pra que falar tanto dele?

Se queremos tanto ter dinheiro, fazer bom uso dele, tranquilidade e ter bons rendimentos, é necessário falar de dinheiro com a gente mesmo, olhar pra ele e dar a devida importância. Ter uma conversa direta e sincera.

Talvez olhar para o dinheiro faça você ter pensamentos tais como “o dinheiro é sujo", "não sou inteligente o suficiente para ter dinheiro", "quem tem dinheiro é desonesto e ganancioso”, e o melhor é mudar logo o assunto.

Isso acontece porque o dinheiro (deveria ser, mas) não é só dinheiro, e sim o que está associado a ele. E como o dinheiro fala a respeito da gente…infelizmente, podemos não perceber como isso afeta a nossa vida.

Então, convido você ao desafio de olhar para o seu dinheiro. Como?

- Pegue uma nota de dinheiro: você consegue segurar firmemente e agradecer? Ou sente raiva?

- Olhe o saldo da sua conta: você sabe quanto tem? Tem medo de olhar ou fica triste com o resultado?

- Confira o extrato bancário: você sabe se já pagou todas as contas ou tem dinheiro a receber no mês? Está pagando juros ou deixou o dinheiro na conta em vez de investir?

- Confira a fatura do cartão de crédito: você sabe para onde está indo o seu dinheiro? Ou fica ansioso toda vez que chega a fatura?

Pode parecer chato e desconfortável olhar para o dinheiro, mas perceba que o desafio nem sempre está na quantia de dinheiro e sim em ter consciência do que ele representa e desperta em você.

O desafio é entender o fluxo do dinheiro na sua vida.

O desafio é a forma como você usa o dinheiro, não apenas como meio de troca, mas nas suas relações.

O desafio é entender que lidar com o dinheiro não é apenas pagar contas e saber investir.

O desafio é administrar o que tem, seja muito seja pouco, de modo a facilitar a sua vida e não  se complicar com empréstimos, dívidas ou gastos descontrolados no cartão de crédito.

O desafio é se tornar responsável pelas escolhas que faz com o dinheiro.

O desafio é tomar decisões conscientes e necessárias e não impulsivas e apenas baseadas em vontades.

O desafio é ser quem você é, independentemente da quantia de dinheiro que você tenha.

O desafio é entender quem está realmente desafiando quem.

Pra mim, desafio aceito! E você, aceita o desafio?

Quer saber mais? Acompanhe a minha coluna semanal aqui no Bella Mais. Vamos juntas nesta jornada!

 

por Fabiana M. Machado

Fabiana Mendonça Machado é especialista em comportamento financeiro. É casada, mãe de dois filhos, empresária e uma das fundadoras da MoneyMind. Escreva para fabiana@moneymind.com.br para contar se este texto foi útil para você. @fabiana.m.machado


compartilhe