capa
Gisele Silveira

Alimentação no período de isolamento

Planejamento é a melhor forma para manter a alimentação em dia, de acordo com a nutricionista Gisele Berardi

publicidade

Diante do isolamento, muitas pessoas que me questionam – como cuidar da alimentação? A ansiedade tem sido uma companheira fiel de muitas pessoas que estão isoladas e isso também repercute no hábito alimentar

Mas o que fazer? Eu respondo: depende, como tudo na vida. 

Se a sua alimentação não era uma maravilha, talvez seja o momento para rever isso. Agora temos mais tempo de cozinhar, pensar no que vamos comer, planejar!

Agora se você já seguia algum plano alimentar ou praticava hábitos saudáveis: parabéns! Mantenha-se, não é hora de abandonar.

Como podemos fazer isso? Planejamento! Seguir um plano pode ser uma ótima estratégia para os dias de isolamento:

  • - Planeje as compras da semana. Compre as quantidades de frutas, verduras e carnes necessárias a fim de evitar desperdício. Não esqueça: não tem como melhorar a imunidade sem comer fruta e verdura!
     
  • - Mantenha o horário das refeições! Tente não almoçar às 15h00, afinal não estamos de férias. Mantenha os horários de sono, evite entrar madrugada adentro vendo filmes e séries. Respeite o seu relógio biológico, tentando seguir a mesma rotina que tinha antes, só que agora em casa.
     
  • - Levando em conta que não estamos de férias, você não precisa fazer de cada refeição uma comemoração. Mantenha o simples, o básico e o saudável, isso é o que o seu corpo precisa. Além disso, você não precisa ter um bolo ou uma sobremesa nova a cada dia. Assim, você evita ataques a geladeira e aos armários em busca de doces. 

  • - Evite ter alimentos em casa (industrializados principalmente) que aumentam a sua compulsão. Por exemplo, se você não resiste a chocolate, por que mantê-lo ao seu alcance?

  • - Aproveite esse tempo para cozinhar sem exageros, escolher os alimentos sem a pressa da rotina. Reduza o consumo de produtos industrializados, reduzindo a entrada de substâncias químicas prejudiciais no seu corpo, você pode melhorar sua imunidade.
  •  
  • - Aproveite o tempo e reveja suas prioridades sobre saúde física, mental e espiritual. Tente colocar em prática pequenas mudanças, tenho certeza que isso fará diferença quando tudo acabar.
por Gisele Silveira

Gisele Silveira é mãe da Antônia e nutricionista funcional, com foco em emagrecimento e hipertrofia, infertilidade e envelhecimento saudável. Escreve semanalmente para o Bella+ com a missão de desvendar os segredos da alimentação saudável. @giselesilveiranutri


compartilhe