capa
Laura Gluer

Dezembro chegou, trazendo esperança, mas exigindo cautela

Laura Gluer nos traz novidades ao ar livre e em condomínios para aproveitar o último mês do ano

publicidade

O ano de 2020 chega ao fim e o que mais queremos é virar a página deste período tão difícil de nossa história, correto? Sim, todo mundo quer que chegue logo o próximo ano, uma vacina que imunize a população e a possibilidade de retomarmos uma vida mais normal (ou pelo menos mais próximo do normal).

Mas, infelizmente, o Coronavírus não dá folga e uma segunda onda da pandemia já é realidade entre nós. Então as dicas de nossa coluna dessa semana são para você tomar bons cafés de forma muito segura, no seu próprio condomínio e com o conforto de um micromarket (tendência que veio para ficar), ou em um agradável pátio, já que o ar condicionado está proibido nos ambientes fechados.

Aproveite nossas dicas e vamos juntos enfrentar os novos desafios com esperança e otimismo.

Café com micromarket, no condomínio

Um modelo híbrido de cafeteria que une café, bistrot e micromarket, a poucos metros de casa. Essa é a proposta da nova unidade da rede 18 Café localizada dentro de um condomínio no bairro planejado Central Park, na zona leste da capital. A vantagem desse modelo é que agrega no horário comercial as vantagens de uma cafeteria convencional, com espressos e lanches rápidos, e o micromarket para produtos de conveniência todos os dias, 24h, garantindo mais conforto e segurança aos moradores do local.

Café na beira do Guaíba

Porto Alegre tem um novo ponto de encontro em meio à natureza exuberante da zona sul. A Bella Cafeteria, que ficou fechada por alguns meses durante a pandemia reabriu em novembro em novo endereço, na Coronel Marcos, 2353, dentro do Complexo da Academia Ipanema Sports.  O lugar tem mesas ao ar livre, distanciadas e com a brisa do Guaíba para recepcionar os clientes, proporcionando momentos aprazíveis e seguros em tempos de segunda onda da Covid-19.

Café com pátio no co-working

O Koa Coffee & Co (Rua Felipe Neri, 149, loja 2, Auxiliadora) também tem um jardim acolhedor para receber quem deseja tomar um café na prensa francesa ou espresso, em um espaço arejado, junto ao Co-working da Casa Holtz. A palavra Koa, além de remeter ao ato de coar o café, também significa bravo, ousado e corajoso no idioma havaiano. Características que precisamos mais do que nunca neste final de 2020.  

por Laura Gluer

Laura Glüer é jornalista, executiva no mercado da comunicação corporativa e professora universitária. Mãe da Sophia e namorada do Alexandre. Ama conhecer cafeterias e aprender mais sobre a bebida. Coffee lover assumida, comanda o Café Combustível e escreve quinzenalmente no Bella Mais.


compartilhe