capa
Laura Gluer

Outubro rosa e de retomada

Em sua coluna, Laura Gluer destaca eventos e lançamentos gastronômicos que começam a voltar aos poucos

publicidade

Outubro começou trazendo com ele a importância da prevenção do câncer de mama e um reaquecimento do mercado gastronômico, apesar de todo o recuo que houve com a pandemia. Lançamentos e eventos marcam o último trimestre do ano e estaremos trazendo todas essas boas novas por aqui.

 

Rosas da Lugano apoiam IMAMA

A marca de chocolates Lugano, de Gramado, está expandindo em 2020, com novas unidades que reúnem cafeteria, chocolataria e presentes. Desde março, pelo menos 20 novas franquias foram abertas no país, alcançando 52 lojas em 22 Estados e no Distrito Federal, somando 20 capitais e 49 cidades. E para marcar o #OutubroRosa, a Lugano lançou uma campanha nacional revertendo 30% do valor arrecadado com a venda da Rosa de Chocolate para o IMAMA – o Instituto da Mama do Rio Grande do Sul. A Rosa, feita com chocolate ao leite Lugano 30g pode ser adquirida nas lojas físicas ou no e-commerce da marca.  

Coffeedolls engajadas

A artesã gaúcha Maria Tereza Cravo Panichi cria bonecas articuladas que já foram expostas em diferentes partes do mundo. Maria Tereza desenvolve bonecas com vários tons de pele, cabelos e roupas de época e étnicas. Para as peles mais morenas e negras, o café é usado como pigmento do tecido, deixando as bonecas com um aroma delicioso. Cada peça é única e reproduz a personalidade de um tipo diferente de mulher.

Neste ano, a artista envolveu-se na campanha do Outubro Rosa, do Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (SERGS). As bonecas estão contribuindo na orientação de mulheres e homens para importância do auto-exame no site e redes sociais do sindicato. Maria Tereza afirma estar muito feliz com o resultado da campanha, pois sempre quis que suas bonecas transmitissem também uma mensagem de cunho social.

Limoncello com café

Em um sítio no interior de Torres (RS), Margaret Souto e suas filhas Cibele e Ciana produzem, artesanalmente, um licor originário do sul da Itália, à base de limão siciliano e álcool de cereais. O Veramente Limoncello é feito de forma manual, em pequena escala, com o menor uso de tecnologia possível.  A intenção é acompanhar, bem de perto, cada etapa da fabricação desde a escolha dos insumos ao engarrafamento, visando  a fabricação de um produto de altíssima qualidade. A família lançou a linha de licores durante a pandemia, com diferentes sabores: Limoncello, que é o carro-chefe, e também nos sabores de  gengibre, canela e o Grãocello (Limoncelo com grãos de café gourmet). As encomendas podem ser feitas pelo celular 51 9334-0654.

Receitas da Quarentena

A pesquisadora gastronômica Carla Maicá lançou o e-book “Receitas da Quarentena - A cozinha de casa como refúgio afetivo em tempos de pandemia”, que traz 40 receitas compartilhadas em suas redes sociais no período de pandemia. Os pratos apresentados primam por ingredientes cotidianos e processos simples – muitos pensados para adaptações de gosto pessoal ou ainda substituições de ingredientes. Nada muito exigente, visto que as idas ao supermercado estavam restritas e a ideia era trabalhar com o que se tinha em casa. Com uma escrita fluída, que alterna orientações culinárias e divagações afetivas, Carla consegue transformar a atividade cotidiana de cozinhar em um momento de reflexão e prazer, mas sem romantizar: cozinha doméstica também é planejamento. E assim, entre saberes, sabores e fotografias apetitosas, as quarenta receitas vão se apresentando ao leitor de maneira descontraída e leve. O e-book foi lançado pela novíssima editora Ao Ponto, conta com o prefácio de Michelle Leão, proprietária do restaurante Noz Cozinha Vegetariana de Porto Alegre, e está sendo vendido pelo e-mail ao pontoeditora@gmail.com

Open Food Innovation Summit 2020

A força da alimentação hiperlocal, a diversidade presente no sistema delivery, a importância do food care, a comida impressa, o conceito de zero desperdício e a reestruturação sustentável de toda cadeia produtiva serão os principais temas em pauta na edição 2020 do Open Food Innovation Summit - maior evento sobre o futuro do alimento. Realizado nos dias 14 e 15 de outubro via streaming em plataforma digital e totalmente interativa, o encontro amplia a conversa sobre as soluções de ineficiências e transformações por meio de tecnologia e inovação em um dos setores mais afetados pela pandemia. A proposta é unir interessados de diversos estados e até de fora do Brasil para uma experiência de debate digital sobre o amplo tema. Em dois dias de evento, serão 28 speakers e 6 mediadores em mais de 36 horas de conteúdo expansível. O evento conta com patrocínio de BRFHub, Tramontina e STIHL, SpLaw como parceira jurídica e patrocinadora da trilha Network 4.0 e Uniagro patrocinadora da trilha Foodcare. Apoio da Anprotec, AgtechGarage, Numerik, Sebrae e Unisinos. Os ingressos para o Open Food Innovation Summit 2020 já estão no segundo lote, à venda através da plataforma InEvent. Lá, será possível ver e rever as palestras, além de compartilhar informações e opiniões em blocos de interação.   

 

por Laura Gluer

Laura Glüer é jornalista, executiva no mercado da comunicação corporativa e professora universitária. Mãe da Sophia e namorada do Alexandre. Ama conhecer cafeterias e aprender mais sobre a bebida. Coffee lover assumida, comanda o Café Combustível e escreve quinzenalmente no Bella Mais.


compartilhe