capa
Mariana Klein

A romantização do empreendedorismo

Para Mariana Klein, não se pode pensar em empreender como solução para todos os problemas

publicidade

Você já deve ter lido histórias de pessoas que superaram todas as dificuldades porque tomaram as rédeas de suas vidas por meio do empreendedorismo. Também já deve ter lido frases no estilo de "se der medo, vai com medo mesmo". Estou certa?

Quando nos deparamos com essas narrativas sempre precisamos ter um pé atrás. Por quê?
Porque é preciso acabar com essa romantização do empreendedorismo como uma solução para todos os problemas da vida. 

A questão é que existe uma diferença entre empreender para poder ter uma melhor atuação no mercado ou para se posicionar de uma forma diferente das grandes empresas e empreender porque os salários oferecidos não são o suficiente para pagar as contas, ou porque o mercado não está preparado para ter mães de crianças pequenas como funcionárias.

Quando você se deparar com a próxima reportagem sobre "Olha que bonita a história das mulheres que empreendem depois da maternidade" ou "Conheça a história da engenheira que agora faz seus próprios horários dirigindo um carro por aplicativo", pense sobre o cenário. 

Empreender por desespero e medo de não conseguir pagar as contas não é o cenário ideal. Quando estamos apavoradas a chance de errar é maior, e a possibilidade de trocar os pés pelas mãos é grande a ponto de arriscar o investimento feito por esse negócio.

Não é ideal termos um cenário em que grupos da população não tenham escolha, e é por isso que há um risco em sair por aí repetindo que só não fica rico quem não quer, que todo mundo deveria empreender e que, se der medo vai com medo mesmo.

Então, vamos parar de romantizar as coisas e buscar a nossa parte em compreender que cada pessoa conta uma história e que as histórias de duas pessoas não precisam ser iguais?

por Mariana Klein

Mariana Klein é professora universitária e consultora de marketing digital. Comanda a Petit Mídias Sociais e divide semanalmente aqui no Bella Mais o dia a dia do empreendedorismo.


compartilhe