capa
Mariana Klein

Planejamentos: guia para abrir sua empresa - parte 3

Mariana Klein te convida a pensar em como se planejar para cumprir as metas

publicidade

Nas últimas semanas falei por aqui sobre a base que apoia a criação de um novo negócio e, para fechar este pequeno guia, te convido a pensar em como você vai se planejar para cumprir suas metas.

Planejar é fundamental para chegar onde se quer, e há uma série de formas de estruturar o seu dia a dia.

O principal é analisar como a sua vida pessoal e a profissional podem interagir a seu favor, porque decidir quando e como você vai trabalhar é justamente uma das grandes vantagens de ser sua própria chefe.

Então, sugiro começar a organizar seu calendário de trabalho pelas atividades que não podem faltar no seu dia. Fazer uma caminhada te faz feliz? Coloca esse compromisso na agenda. Viajar te faz feliz? Anota lá que, durante a semana da viagem você não vai trabalhar. Você quer / gosta / precisa fazer uma atividade física? Nesse horário não dá pra agendar reuniões.

Começar por esses momentos quase que sagrados vai ajudar a visualizar todas as suas horas disponíveis na semana. Quando eu comecei a me planejar, imprimi calendários para cada mês do ano e passei um ano anotando todas as atividades nos quadradinhos. Só assim eu consegui ver, de verdade, o tempo que tenho disponível.

Porque estar disponível não quer dizer estar ali só pelos clientes, mas também estar ali por você mesma.

Muito bem, vamos seguir adiante. Colocou no papel as atividades indispensáveis? Agora comece a preencher sua agenda com as atividades repetitivas, como ler e responder e-mails, aquele dia do mês em que você emite notas fiscais e boletos, datas em que você estuda e por aí vai.

Neste momento preciso te lembrar que uma das melhores coisas que você pode fazer por si mesma é definir intervalos para fazer o seu trabalho em si (escrever um post para o blog do cliente, por exemplo) e intervalos para atendimento (responder e-mails, telefonar para o cliente). Não se engane, se você deixar o e-mail aberto e o toque do celular ativo sua produtividade cairá. Definir momentos para cada coisa ajuda a manter o foco e aproveitar melhor o seu tempo.

Estruture seu planejamento

Agora que você já definiu as atividades de cada dia, faça a mesma coisa pela semana e pelo mês. Assim, você terá um planejamento estruturado e poderá organizar sua vida para estar disponível para cada coisa a seu tempo.

No meu caso, pensar o mês como um todo me ajuda a otimizar minha entrega para meus clientes sem abrir mão dos meus alunos e de mim mesma. Meu mês de trabalho inicia na terceira semana, que é quando eu converso com os clientes para definir quais são os temas para o mês seguinte.

Isso pode acontecer via e-mail, telefone ou reunião presencial, mas eu já sei que sempre terei reuniões na terceira semana do mês. Com alguns clientes elas são até fixas para a terceira quarta-feira do mês, por exemplo.

Coletados os dados, na quarta semana do mês eu crio todos os conteúdos do mês seguinte e envio para aprovação. Na semana seguinte, que é a primeira do novo mês, acontece o agendamento de publicações e criação de campanhas.
A partir daí, faço a gestão e otimização das campanhas, publicações de algo que tenha fugido dos planos (acontece, viu?), atendo meus alunos por e-mail, faço relatórios e na terceira semana começa tudo de novo.

Não tem mistério, na verdade. Talvez o mais difícil desse processo todo seja entender que agora não precisamos mais estar disponíveis por 8 horas seguidas, e que o trabalho vai começar às 9h e terminar às 18h. Agora, você decide se prefere deixar a manhã livre e trabalhar à tarde ou se quer acordar mais cedo para trabalhar pela manhã e deixar a tarde livre.

Como comentei há algumas semanas, o tempo agora é seu, decida sabiamente como você vai usá-lo.

por Mariana Klein

Mariana Klein é professora universitária e consultora de marketing digital. Comanda a Petit Mídias Sociais e divide semanalmente aqui no Bella Mais o dia a dia do empreendedorismo.


compartilhe