capa
Sabrina Rolim

O molho de tomate caseiro mais fácil que você vai ver hoje

Sabrina Rolim apresenta uma versão fácil e deliciosa, com os tomates assados


publicidade

Quem me acompanha aqui sabe que estou travando uma guerra pessoal contra os alimentos processados. Mesmo tendo uma rotina bem puxada, tenho tentado cozinhar pelo prazer que tenho e pela nossa saúde também.

Com um pouco de organização é possível ter temperos, caldos e molhos congelados - e feitos em casa.  Quando li a receita que hoje compartilho com vocês, o que me chamou a atenção foi a experiência de fazer um molho de tomates assados, e não os tradicionalmente cozidos. Vi vantagem!

A verdade é que depois que tirei os tomates do forno já assados, descobri a melhor parte da receita: um aroma adocicado e levemente defumado.  É simplesmente incrível!

O molho com certeza tem um sabor diferente dos molhos feitos na panela. É mais marcante e sem a acidez comum em molhos de tomate.  Já usei em todas as receitas e foi 100% aprovado. Também já congelei e descongelei para uso e não notei nenhuma diferença de sabor.

Como em qualquer receita de molho de tomate, o ideal é usar tomates maduros, mas que ainda estejam firmes. Já as folhas de manjericão, prefira a versão fresca. O molho vai ficar com um sabor maravilhoso!

Molho de tomate assado

Ingredientes

1,5 k de tomates maduros

6 dentes de alho

1 colher (chá) de açúcar

Azeite de oliva

Pimenta preta

8 folhas de manjericão

Sal

Modo de preparo:

Aqueça o forno a 180ºC. Corte os tomates ao meio, tempere com sal, açúcar, azeite de oliva e pimenta preta.

Coloque os tomates com a parte cortada virada para baixo em uma forma, acomode os dentes de alho e regue com mais azeite de oliva. Leve para assar por 1h30min a 2h.

Os tomates devem ficar levemente caramelizados e com poucos líquidos na forma.

Retire do forno e deixe amornar, então bata com o mixer ou liquidificador.

Quando os tomates estiverem bem batidos, acrescente folhas de manjericão e bata novamente. Regule o sal e está pronto. Guarde em vidros na geladeira por até cinco dias ou congele em pequenas porções por até 3 meses.

Dica:

Congele as porções de molho em forminhas de empada ou cupcake. Depois de congelado, é só desenformar e guardar em um pote ou saquinho.

por Sabrina Rolim

Sabrina Rolim é empresária, mãe e louca por comida. A cada 15 dias, compartilha no Bella+ receitas de família (somente aquelas bem práticas) e dicas de lugares preferidos. @comidatriboa


compartilhe