capa
Tamy Yasue

O nascer do sol na Tailândia não precisa de filtro

Ásia sem gastar muito: uma viagem inesquecível

Tamy Yasue fala das praias paradisíacas e os belíssimos templos do Sudeste Asiático

publicidade

Com a alta do dólar, destinos populares entre os brasileiros acabam ficando mais caros. Mesmo assim, não é preciso abrir mão das tão sonhadas férias! Que tal considerar o Sudeste Asiático como seu próximo destino?

Praias paradisíacas, hoteis fantásticos, culinária deliciosa e experiências inesquecíveis. Isso é um pouco do que o Sudeste Asiático pode oferecer sem estourar o orçamento de viagem. O destino mais famoso é a Tailândia, acompanhada das Filipinas e da Indonésia, porém, os vizinhos Vietnã, Camboja, Malásia e até o Myanmar também estão cheios de encantos a oferecer e mistérios a desvendar. 

Como chegar?

A parte mais difícil e cara de chegar até a Ásia é a aérea. Os voos, geralmente cheios de conexões, levam em média 24 horas em um deslocamento entre São Pauloe Banguecoque. Por isso, é importante ficar atenta na hora de comprar as passagens, pois algumas contam com longas esperas no aeroporto, chegando a superar as 50 horas de deslocamento. Apesar da distância e do tempo, nos últimos meses muitas companhias aéreas estão oferecendo promoções com valores tentadores e stop over em cidades como Atenas, Pequim ou Istambul. Uma excelente oportunidade de conhecer mais um destino sem pagar mais por isso.

Por onde começar?

Procure estabelecer um dos 3 principais destinos como base para seu roteiro. A partir daí, verifique como estarão as condições climáticas, pois a região é atingida por monções que podem causar chuvas capazes de estragar suas férias. Defina os principais destinos e não se esqueça de verificar se haverá algum festival ou comemoração. O festival das lanternas de Chiang Mai é um espetáculo belíssimo que ocorre em novembro e o Ano Novo na região ocorre em abril.

E o idioma?

Em locais turísticos como na Tailândia, a comunicação em inglês ocorre sem dificuldade. Também é possível encontrar guias em espanhol e até em português em alguns locais. No Laos e no Myanmar, recomendo fazer download de algum tradutor que funcione offline, pois mesmo em grandes cidades é difícil se comunicar sem dominar o idioma local. 

Quanto custa?

Estimar valores vai depender do seu perfil de turista. Na Tailândia, por exemplo, é possível se hospedar em hoteis 2 ou 3 estrelas na beira da praia com diárias por volta dos R$ 150. Para quem deseja conforto, há inúmeros resorts com praia particular e spa. 

Quem quer economizar e conhecer gente do mundo todo encontrará hostels com preços realmente muito baixos.

Algumas experiências imperdíveis:

Angkor - Camboja

Considerado o maior monumento religioso do mundo, os mais de mil templos do complexo reconhecido como patrimônio mundial pela UNESCO já foram hinduístas e hoje são budistas. Passear pelos templos restaurados com as histórias de Vishnu, Shiva e outras deidades hindus entalhadas cuidadosamente na rocha é uma experiência inesquecível que encantou a atriz Angelina Jolie, quando esteve no local para gravar Tomb Raider e, onde mais tarde, dirigiu seu primeiro longa “First they killed my father”, disponível na Netflix. 

Bagan - Myanmar

Voar de balão sobre os mais de 2 mil templos na região de Bagan no Myanmar é emocionante. O local resiste ao tempo, as primeiras construções datam do século IX e seguem ativas, recebendo celebrações budistas diariamente.

Na Tailândia o ano novo é comemorado em abril

Night Market - Chiang Mai

As altas temperaturas da região deram origem a uma tradição deliciosa: os night markets. Presentes nas principais cidades, o de Chiang Mai toma quadras e quadras, oferecendo artesanato, culinária (inclusive os famosos espetinhos com insetos), rituais místicos, dança e muita diversão. Calce um calçado confortável e aproveite o final de domingo de um jeito tailandês.

Songkran - Ayutthaya

O Festival da Água ocorre em datas variáveis, sempre no mês de abril e é celebrado como uma espécie de Ano Novo em todos os países da região. Cada um deles têm uma tradição específica, mas a água é o elemento presente em todas. Na antiga capital tailandesa, o Songkran é celebrado com desfiles com elefantes e durante a noite as ruas são fechadas para uma grande (realmente muito grande) festa de onde é impossível sair seca.

Voar de balão sobre os templos da milenar Bagan é uma das principais atrações em Myanmar

Permita-se se encantar pelos mistérios do Sudeste da Ásia e os sorrisos cativantes que nos recebem cheios de curiosidade. Tenho certeza que será uma viagem inesquecível!

por Tamy Yasue

Tamy Yasue é designer, yogui, mergulhadora e apaixonada por esportes. Adora estar em movimento, conhecer novas culturas, pessoas e olhar o mundo de um ângulo diferente, por isso isso viaja sempre que pode e nos intervalos pesquisa sobre novos destinos.


compartilhe