capa

Hora do aconchego: dicas para escolher itens do enxoval

Jogo de cama, travesseiro e toalhas garantem conforto e requinte extra para o quarto


publicidade

Além dos móveis, o enxoval também faz parte da composição do quarto. Uma boa escolha pode trazer além de beleza, bem-estar e aconchego para os moradores, afinal, o enxoval é a “roupa da nossa casa” - por isso a importância de caprichar na escolha das peças. 

Segundo a arquiteta Karina Korn, é preciso levar em consideração a decoração dos ambientes. “Todo o jogo da cama deve se harmonizar ao restante da decoração do quarto. Porém, combinar não significa colocar tudo da mesma cor, mas sim ter bom senso na escolha, utilizando elementos que conversem entre si”, lembra Karina.

Outro quesito a ser avaliado é o conforto. Assim, a arquiteta recomenda pesquisar bem antes de realizar a compra. “É normal surgirem dúvidas, pois as lojas dispõem de muitas opções... fio egípcio, algodão e um leque de contagem de fios. Sobretudo, a minha dica é que nada substitui o toque nas tramas para sentir o quão aconchegante é esse material”, diz Karina. Para ela, quanto mais fios, mais macio é o tecido.

Para compor o enxoval, é preciso investir em decisões que atendam tanto o verão quanto ao inverno. Segundo Karina, nos dias mais quentes, o aconselhável é apostar em tecidos leves. Já os de inverno demandam tramas mais grossas, como as mantas feitas de lã, crochê ou tricô, por exemplo.

Veja as dicas da arquiteta para a escolha das peças para compor o enxoval:

 

Roupa de cama

Além de levar em conta o tamanho da cama, a altura do colchão também deve ser analisada para que o lençol não fique pequeno. “Eu indico sempre um jogo com lençol de elástico, que garante o tecido bem esticado”, revela. Na sequência, a parte de cima precisa apresentar, pelo menos, 30 cm de barrado. Fechando a montagem, Karina ainda sugere o uso do duvet, uma capa de edredom que protege o item de poeira, revela a arquiteta, bem como uma peseira ou manta na ponta da cama.

 

Travesseiros

A profissional afirma que costuma indicar o uso de seis peças, divididas da seguinte forma: dois maiores, de 90 cm, com porta-travesseiros que ficam encostados na cabeceira; outros dois, de 90 cm, com a fronha e mais dois, na parte da frente, com 70 cm. “Ah, também não podem faltar almofadas decorativas e uma saia para esconder o box da cama”, lembra.

 

Enxoval de banho

Qualidade é palavra de ordem na hora de eleger o enxoval do banheiro, afinal, as toalhas precisam ser macias para não arranhar a pele, absorver bem a água do corpo e assegurar maior durabilidade no uso diário. Sobre as cores, Karina evidencia sua preferência por tons neutros que podem ser coordenados aos jogos com bastante facilidade.

 

Enxoval completo - um olhar dentro do roupeiro

- Quatro jogos de lençóis combinados (incluindo lençol de baixo, lençol de cima e fronhas);

- Fronhas avulsas;

- Um edredom;

- Duas capas de edredom;

- Um cobertor ou manta;

- Uma colcha ou cobre leito;

- Seis travesseiros;

- Porta-travesseiros;

- Seis capas protetoras de travesseiro;

- Uma capa protetora de colchão;

- Uma saia para o caso de cama box.

- Quatro jogos de toalhas de banho (incluindo banho, rosto e piso);

- Duas toalhas de rosto avulsas;

- Dois tapetes de banheiro avulsos;

- Um roupão por morador.


compartilhe