capa

Pequena chef de 8 anos causa furor em Mianmar com receitas online

Moe Myint May Thu vem fazendo sucesso nas redes e já está oferecendo pratos sob encomenda

publicidade

De sopa de peixe às pernas de rã picantes: os vídeos de uma menina de oito anos de pijama e chapéu de chef são a novidade do momento entre os internautas birmaneses, ainda confinados pela pandemia do novo coronavírus.

Tudo começou no final de abril, quando a mãe de Moe Myint May Thu postou um primeiro vídeo on-line de sua filha preparando um prato de camarão. Rapidamente, o vídeo circulou nas redes sociais e a garota ganhou o apelido de "pequena chef".

"Adoro cozinhar", diz ela. "Gostamos de cozinhar juntas durante o confinamento", explica a menina, junto com a mãe, Honey Cho, na cozinha de sua casa em Rangun.

Em seu vídeo mais famoso, com mais de 200.000 visualizações, essa "chef" incomum veste uma camiseta com um unicórnio e explica como preparar o prato nacional birmanês, Mohingya, uma sopa à base de macarrão de arroz e peixe-gato.

Moe Myint May Thu já tem sua própria conta no Facebook, que acumulou mais de 8.000 seguidores em apenas quatro dias. "Ela é tão encantadora que não consigo me concentrar em mais nada. Assisto aos seus vídeos sem parar", comenta um internauta.

Após esse sucesso, a "pequena chef" começou a oferecer pratos sob encomenda, em torno de 7 euros (US$ 7,7), que ela mesma entrega no fim do dia. 

Até agora, Mianmar registrou 228 casos de infecção por COVID-19 e seis mortes. Em Rangun, a atividade econômica vai-se normalizando aos poucos, embora o lema continue sendo "fique em casa", exceto por razões essenciais.

AFP


compartilhe