capa

Brasil Eco Fashion Week: novas formas de pensar a moda

Evento busca fortalecer a cultura de sustentabilidade e dar visibilidade a quem faz diferente

publicidade

A 3ª edição do Brasil Eco Fashion Week (BEFW) ocorre amanhã, 16, e nos dias 17 e 18 de novembro, com previsão de receber cinco mil pessoas, vindas de todas as regiões do Brasil, no espaço da Unibes Cultural, em São Paulo. O evento é gratuito e aberto ao público, e tem como objetivo criar uma plataforma para impulsionar marcas, profissionais, pesquisadores e iniciativas de moda, comprometidas com as práticas de responsabilidade socioambientais e culturais.

E a produtora, professora e stylist e nossa colunista de moda sustentável Madeleine Muller marcará presença para reportar tudo ao Bella Mais. “Trabalho na comunicação e interface com as marcas dos desfiles desde a primeira edição da Brasil Eco Fashion Week, que desde o início teve grande participação de várias marcas gaúchas", diz.

Para esta terceira edição, a produtora diz já perceber o aumento do interesse do público em conhecer o evento, acompanhar as palestras, participar das oficinas e trocar ideias sobre as possibilidades de criar impactos positivos em toda a cadeia da moda. "Para que isso aconteça, não bastam produtos e iniciativas sustentáveis, mas também a adesão dos consumidores para apoiar todas essas ações promovendo um consumo consciente."

O Instagram do Bella Mais (@bellamaiscp) este final de semana, inclusive, estará sob o comando de Madi, num perfeito "take over" para mostrar a programação do Brasil Eco em tempo real. Acompanhe tudo por lá!

Considerado o maior encontro de moda e sustentabilidade da América Latina, a próxima edição apresentará cerca de 70 palestras, talks e oficinas práticas, na programação de conteúdos dos espaços Conhecer, Fornecer e Amazônia.

Debates e desfiles

Debates sobre como a indústria da moda pode implementar melhores soluções em toda a cadeia produtiva, abordando temas transversais como "Moda, identidade e floresta em pé", a ser tratado em painel com a presença da ex-senadora Marina Silva, e "Cálculo de Emissões de Carbono para a Moda", a ser oferecido pela agência Way Carbon; fazem parte das atividades.

Ainda serão realizados 18 desfiles, com a participação na passarela de cases como a marca paraibana Natural Cotton Color, a marca de upcycling Comas, Ahlma, de André Carvalhal, autor do livro “Moda com Propósito”; e novidades como a multimarcas consciente Bemglô, de Glória Pires e Betty Prado, a biblioteca de roupas, Roupateca, e talentos autorais como Helena Pontes e Eneas Neto. O evento terá ainda espaços de venda no Mercado Eco e Espaço Amazônia, com mais de 60 marcas expositoras.


compartilhe