capa

Caminhar na Lua, o próximo sonho das astronautas da Estação Espacial Internacional

publicidade

O que é melhor que sair ao vazio do espaço? A Lua, é claro, disseram as astronautas americanas Christina Koch e Jessica Meir, três dias depois de realizarem a primeira caminhada espacial completamente feminina. 

"Desde meu primeiro desenho na escola primária, quando soube que queria ser astronauta, eu me via na Lua. Acredito que será meu próximo sonho", disse Meir, de 42 anos, flutuando junto com a colega dentro da Estação Espacial Internacional (ISS), durante uma coletiva de imprensa transmitida ao vivo pela Nasa. 

A agência espacial dos Estados Unidos planeja enviar humanos de volta à Lua em 2024, com a missão Artemis 3. Dois astronautas caminharão em solo lunar pela primeira vez desde 1972, e uma será mulher, prometeu o chefe da Nasa, Jim Bridenstine. 

Além disso, esta mulher será um dos 12 membros atuais do corpo de astronautas da Nasa, detalhou Bridenstine. 

Meir e Koch, que entraram na agência em 2013, aparecem como candidatas naturais. 

"A ideia de ter a honra de ser a primeira mulher a caminhar na Lua é quase grande demais e está além da compreensão", disse Koch, de 40 anos. 

"Claro que sonho e sonhei com isso toda a minha vida, mas por enquanto estou feliz de saber que ao menos provavelmente conheça a primeira mulher a caminhar na Lua", acrescentou, em referência a sua colega de equipe. 

O processo de seleção interna da Nasa para essa missão histórica é por enquanto um mistério. 

"Mas sei que cada pessoa em nosso serviço é extremamente qualificada. Quem realizar esta missão será a pessoa adequada, e levará as esperanças e os sonhos de todos aqueles que queiram explorar", disse Koch.

AFP


compartilhe