capa
Negócios & Finanças

Será o fim das inúmeras ligações do telemarketing?

A partir de hoje, o consumidor poderá se inscrever em um site para não ser mais contatado pelas empresas de telecomunicações

publicidade

Quem nunca foi acordado ou mesmo interrompido durante algum compromisso importante por uma ligação de telemarketing? Quase todo mundo. Mas essa situação promete mudar a partir de hoje, quando começa a valer a lista Não Perturbe para as empresas de telecomunicações.

Quem estiver nesse grupo não poderá ser alvo de ligações de telemarketing de empresas para a venda de serviços, como pacotes de telefonia, acesso à internet e TV paga. Ou seja, na teoria, quem optar por integrar a lista vai deixar de receber as intermináveis ligações – que, por vezes, se tornam insuportáveis.

Quem não desejarem receber esse tipo de chamada pode incluir seu nome no site a partir de hoje. A lista vai ser única e atingirá as principais empresas do setor: Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), se uma pessoa solicitar a sua inclusão e continuar recebendo ligações de oferta de bens e serviços de telecomunicações, ele pode ligar para o número 1331 e fazer uma reclamação. As sanções podem variar de advertência a multa de até R$ 50 milhões.

Outras medidas

A agência determinou ainda que as áreas técnicas das empresas estudem medidas para combater os incômodos gerados por ligações mudas e realizadas por robôs, mesmo as que tenham por objetivo vender serviços de empresas de setores não regulados pela Anatel. Segundo a Anatel, estudos de mercado estimam que pelo menos um terço das ligações indesejadas no Brasil são realizadas com o objetivo de vender serviços de telecomunicações.

O consumidor agradece!


compartilhe