capa

Fazer o bem: pequenos gestos com grandes significados

Doar sangue, priorizar negócios locais e até doar sua selfie são gestos simples, mas que ajudam quem mais precisa


publicidade

A pandemia de coronavírus tem nos trazido, desde o seu início, muitas incertezas e momentos difíceis. Entretanto, como qualquer situação da vida, podemos também enxergar o “copo meio cheio”: durante esse período surgiram diversas ações de solidariedade, das mais variadas formas. Muitas vezes o caminho para ajudar quem mais precisa está ao nosso alcance, com pequenas atitudes do nosso cotidiano. Abaixo listamos algumas ações simples, mas significativas, para te inspirar a fazer o bem. Confere:

Doe sangue

Os hemocentros e bancos de sangue de todo o País estão vendo seus estoques diminuírem significativamente desde o início da pandemia. Porém, os locais seguem operando com todas as medidas de higiene e segurança necessárias para o momento e as doações continuam sendo fundamentais para salvar vidas. Você conhece o Hemocentro do Estado? Entre em contato e saiba como ajudar. 

Compre de negócios pequenos e locais

E se na hora de pedir aquela tele-entrega, ao invés de optar por grandes marcas, você dar uma chance para aquele restaurante do seu bairro? Os negócios locais estão lutando para sobreviver a este período e toda a compra faz muita diferença para eles. Priorize a compra de alimentos, roupas e outros produtos e serviços de empresas locais. Elas geram riqueza e empregos perto de você.

Separe as roupas que não usa mais para doação

A mudança de estação nos faz olhar para o nosso guarda-roupa - é hora de priorizar as peças de inverno. E este momento é sempre uma oportunidade para separarmos aquelas roupas que para não usamos mais - mas podem servir para muitas pessoas. A doação de roupas é significativa nas temperaturas mais frias. As prefeituras fazem suas próprias Campanhas do Agasalho e o governo estadual também

Doe seu tempo - ele é preciso para algumas pessoas

Ler uma história para uma criança; separar 40 minutos do dia para conversar com aquele idoso que está se sentindo sozinho; tomar um chá com aquela amiga que teve um dia difícil no trabalho. Todas essas situações podem ser adaptadas ao mundo virtual, conforme as recomendações do momento. Você já parou para pensar que uma simples conversa pode mudar o dia de alguém?

Conheça as instituições beneficentes perto de você

Você conhece o Banco de Alimentos da sua cidade? Ou as instituições beneficentes vinculadas a prefeitura? Com certeza você irá descobrir que algumas delas estão no seu bairro. Que tal entrar em contato e saber o que eles precisam? Aquele pacote a mais de arroz no seu armário pode fazer a diferença para eles.

Conecte-se com quem precisa

Quero ajudar, mas não sei a quem e nem como. Uma plataforma foi criada para justamente responder a essas perguntas e conectar quem precisa e quem quer ajudar. É o Precisamos. Nós falamos sobre ele em matéria aqui no Bella Mais. Confira e saiba como participar. 

Doe uma selfie

É isso mesmo que você leu. O Supper Rissul decidiu transformar sua campanha de aniversário em uma grande ação social, a Selfie do Bem. A rede está convocando os gaúchos a “doar suas selfies” através de um site. A ação irá beneficiar o Banco de Alimentos do Estado e, a cada foto postada, o Supper Rissul irá doar R$ 5 para a instituição. A meta é chegar a R$ 150 mil em doações - o equivalente a cinco carretas de alimentos.


compartilhe